ALMERINDAS


TODOS OS EPISÓDIOS DISPONÍVEIS

LITERATURA DE MULHERES NEGRAS

Almerinda’s Podcast episódios quinzenais, que trazem a literatura como ferramenta de emancipação. Literatura de mulheres negras – poesias, contos, cordéis e tudo mais que “couber na voz.

Por: Alexandra Ucanda & Lena Roque

WhatsApp Image 2019-11-08 at 19.25.40


Instagram


Instagram

ALEXANDRA, nascida na São Paulo de 1977, nos arredores do bairro da Bela Vista, é Atriz, Locutora, Produtora e Mediadora Cultural. Formada em Artes Cênicas pelo Centro de Artes e Educação Célia Helena. Atuou em produções artísticas no cinema (longa e curta-metragem) e na TV (Canal Futura e Rede Globo). Como locutora, trabalhou para Grupo Pão de Açúcar e Brastemp. Na produção, integrou equipe de trabalho do Sesc, Secretaria de Cultura e Instituto Criar em eventos de culturas populares e tradicionais, circuito das artes, peças teatrais e workshops de produção cultural. Exerceu monitoria no MAM (museu de arte moderna) e também na Mostra Internacional de Cinema. Foi Mediadora do Festival Entretodos de curtas metragens. Atualmente trabalha no projeto de um coletivo de podcasts; Família Quiprocó e busca por trabalhos que conectam pessoas que promovem criativamente transformações na cultura do país. Na trajetória das artes, assume-se como Ucanda, que na língua crioula significa prosperidade; denomina-se ALEXANDRA UCANDA.

LENA ROQUE, formada em Artes Ciências ECA/USP em 1995. Atriz, Diretora, Escritora, Preparadora de Atores, Apresentadora. Como atriz participou das séries “Axogum” Canal Brasil,  “PSI” HBO e “Galera” Tv Cultura. Atua em “Louca de Amor –Quase Surtada”, a 8 anos responsável também pelo texto, co-direção e produção . Formada como ligth design pelo CPT (Centro Pesquisas Teatrais Sesc), trabalhou como iluminadora teatro, dança e show.  Foi diretora de dramaturgia do programa de TV “Axé se Liga Brasil” TV Bandeirantes e assistente de direção de imagens do programa “Sai de Baixo” (Tv Globo).Também atuou em mais 22 espetáculos, entre drama, comédia, teatro dança, infantil, clown, comedia dell’arte, farsa, musical. No cinema fez os longas; “Domésticas” (recebeu o prêmio de melhor atriz Festival de Cinema de Recife), “Quanto Vale, ou é Por Quilo”, “Bom dia Eternidade”, “Todos Nós Cinco Milhões”, “Sem Pai, Nem Mãe”. Fez os telefilmes “A Performance” e “Como Aprender a Não Gostar de Si”. Na TV participou de três novelas (SBT, Record, Globo). Dirigiu  os espetáculos “Impressões”, “A Disputa”, “Alto- Falante”, “Você tem Medo de Quê?” ,”Diário Íntimo de Lima Barreto”, em 2018 dirigiu “Ilú Okan – O que Minha Vó me Contou’ (Grupo Trança / Sorocaba) escreveu os textos para teatro “Autópsia”, “Impressões” e “Alto-Falante” texto que em 2018 integrou o 14ª edição do ciclo de leituras dramáticas, Projeto “Salvé a Língua de Camões” Teatro Reactor / Matosinhos – Portugal. Atualmente se desenvolve como Podcaster, Roteirista e Diretora de Cinema.

search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close